2017

2017

segunda-feira, 28 de março de 2016

JOHNNY MATHIS - MATHIS IS... - 1977

Para quem gosta de músicas baladas ao estilo "Easy Listening", apresentamos o álbum "Mathis Is...", do cantor americano Johnny Mathis, que foi lançado no Brasil, em 1977, pela gravadora CBS e contendo as seguintes canções:

1. As Long as We're Together;
2. Lullaby of Love;
3. Loving You - Losing You;
4. I'll Make You Happy;
5. Heaven Must Have Made You Just For Me;
6. Hung Up In the Middle of Love;
7. World of Laughter;
8. I Don't Want To Say No;
9. Sweet Love of Mine.
















 Links:




================================================================


 Veja as postagens anteriores de JOHNNY MATHIS (CLIQUE AQUI)

domingo, 27 de março de 2016

OS DIAGONAIS - CADA UM NA SUA - 1971

Na sequência da última postagem, incluímos o segundo álbum do grupo Os Diagonais, lançado em 1971, pela gravadora RCA, com as seguintes canções:

1. Sai de lado;
2. Adivinhe o meu pensamento;
3. Vou perder você;
4. Todo meu ouro;
5. Atrás do seu sorriso;
6. Eliana;
7. Nem adeus;
8. Não vou chorar;
9. Novos planos para o verão;
10. Cada um na sua;
11. O mal passará;
12. Tema de Fanny.













 Links:


  



OS DIAGONAIS - OS DIAGONAIS - 1969

A banda Os Diagonais era liderada pelo cantor, compositor e instrumentista paraibano Cassiano, percursor do soul brasileiro e autor das lindas canções Eu amo você, Primavera, A lua e eu e Coleção
Originalmente, o grupo era chamado de “Bossa Trio” e foi fundado em 1964, por Cassiano, Camarão (seu irmão) e Amaro. Com carreira curta, o grupo gravou, além de uma série de compactos e apenas dois álbuns, um pela gravadora CBS/EPIC (1969) e outro pela RCA (1971).

Com uma mistura original de samba e soul, o grupo teve enfatizou grande na parte dos vocais, antes de ser desfeito, tendo excursionado por cidades do interior da Bahia e de Minas Gerais, além de servir de banda de apoio para Tim Maia, no início da carreira do “síndico”, no final dos anos 1960.

Os Diagonais teve em sua formação os seguintes músicos: Paulinho (bateria); Luizão (baixo); Carlinhos (piano); Marcos (guitarra); Luís Wagner (guitarra e coordenação artística); Hyldon (guitarra); Antonio da Anunciação (vibrafone); Osmar Milito (piano elétrico); Waldir Arouca (maestro); Walter Branco (maestro); João Costa Netto (direção artística) e Cassiano (vocal).

Posteriormente, com a carreira solo de Cassiano, o grupo interrompeu suas atividades. 

Nesta postagem, apresentamos o álbum lançado em 1969, pela gravadora CBS, com o selo (label) EPIC, contendo as seguintes canções:

1. Baby, baby;
2. Na baixa do sapateiro / Helena, Helena;
3. Não dá pra entender;
4. Solução / Cabelos brancos;
5. Meu sonho é você / Sabe Deus (Sabrá Dios);
6. Meu cariri;
7. clarimunda;
8. Praça onze / Bat macumba;
9. O trem atrasou / Atire a primeira pedra;
10. Terezinha de Jesus / Cala a boca, Etelvina;
11. Siga / Célia;
12. General da banda / Vai, que depois eu vou.












Links:







segunda-feira, 21 de março de 2016

THE SUNSET STRINGS - THE TENDER TOUCH - 1971

A postagem de hoje apresenta o álbum "The Tender Touch", da orquestra The Sunset Strings, lançado no Brasil em 1971, pela gravadora Codil, com o selo Diplomat. 

Praticamente não há informação na internet a respeito dessa orquestra. Verifiquei que, além desse disco, foram lançados no Brasil vários outros, tais como; "Stardust", "American in Paris", "Film Music", "The Impossible Dream", "An Evening for Romance", "Hello Young Lovers" e um box para a "Seleções Readers Digest". 

Nesse disco, há predominância de cordas, em um estilo bem clássico de canções mais populares. Destaco as canções: The way you look tonight e Smoke gets in yours eyes. A limitação na qualidade desse material de áudio disponibilizado é decorrente da precariedade do Lp obtido. A seleção é constituída das seguintes canções:

1. The song is you;
2. The way you look tonight;
3. The night was made for love;
4. Long ago and far away;
5. The last time I saw Paris;
6. All the things you are;
7. Smoke gets in your eyes;
8. Look for the silver lining;
9. I've told every little star;
10. They dind't believe me



 










 Links:






domingo, 20 de março de 2016

OS NUCLEARES - 1969 - REPOST

A pedido, reapresentamos o raro álbum da banda Os Nucleares, já postado no blog no dia 16/outubro/2013. O disco foi lançado em 1969, pela gravadora RCA. Contou com arranjos de Frankie Adriano, que era componente da dupla "Tony e Frankie"

As músicas desse álbum e compacto são as seguintes:

1. Apolo zero;
2. Sai pra lá;
3. Conta-me;
4. Agora vá;
5. Que vontade de gritar ao mundo;
6. Você finge me esnobar;
7. As noites que eram nossas;
8. Don't pity me;
9. Era tudo que eu queria;
10. Eu só quero o teu carinho;
11. O bem do amor;
12. Eu vou buscar;

Bônus:
13. Você não quer;
14. Não posso viver sem você.















 ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

domingo, 13 de março de 2016

ANDY WILLIAMS - THE OTHER SIDE OF ME - 1976

O cantor americano Andy Williams (Howard Andrew Williams), nasceu em Wall Lake, no dia 03/dez/1927 e morreu aos 84 anos em 25/set/2012. Ficou conhecido pela bela interpretação da canção Moon River, de composição de Henry Mancini, do filme Breakfast in Tiffany, de 1961, que no Brasil, foi intitulado como “Bonequinha de Luxo”.

O cantor iniciou sua trajetória musical cantando na Igreja Presbiteriana local. Em seguida, formou um quarteto com seus irmãos e se apresentaram no show do cantor Bing Crosby, no ano de 1944.

Sua carreia solo, começou em 1952, emplacando diversos sucessos até se tornar um dos mais populares cantores do país, nas décadas de 1960 e 1970. Obteve dezoito discos de ouro e três de platina, atrás apenas de Frank Sinatra, Elvis Presley e Johnny Mathis. Também foi indicado a 5 prêmios Grammy. Seu estilo combinou bom gosto, técnica vocal e carisma, chegando várias vezes ao topo da lista da Revista Billboard.

Em 1962, teve o seu próprio programa de televisão, chamado “The Andy Williams Show”, tornando-se o mais popular da época, vencendo três prêmios Emmy, no período de 1962 a 1971.

Nesse programa, de variedades, cantou ao lado de vários artistas, tais como: Julie Andrews, Ella Fitzgerald, Bobby Darin, Jerry Lewis, Bing Crosby, July Garland, Robert Goulet, Sammy Davis Jr, os irmão Karen e Richard Carpenter, Tony Bennett, Dorival Caymmi (de quem gravou Roses, Roses, Roses), Marcos Valle (de quem gravou Summer Samba e The Face I love) e Antonio Carlos Jobim, que o considerava o melhor cantor americano de Bossa Nova.

Nos anos 1990, fundou seu próprio teatro, chamado de “Moon River Theatre”.

Da extensa discografia do cantor Andy Williams, apresentamos o álbum "The Other Side of Me", lançado no Brasil em 1976, pela gravadora CBS. Não é o meu disco preferido, mas aprecio as releituras de Love will keep us together, My eyes adored you, Feelings e Solitaire. 

A seleção do disco é composta das seguintes canções:

1. The other side of me;
2. Quits;
3. Love will keep us together;
4. My eyes adored you;
5. The hungry years;
6. Solitaire;
7. Sad eyes;
8. Feelings;
9. In my eyes;
10. Mandy;
11. What happens to.

























Andy Williams - Moon River

Links: