2016

2016

quinta-feira, 1 de junho de 2017

THE DUKE OF BURLINGTON - FLASH - 1969 / 2000 - REPOST

A pedido, reapresentamos o álbum "Flash", de The Duke of Burlington, postado originalmente no blog em 22 de março de 2012.

Em 1975, ouvi por acaso a música Flash e na época me encantei com o instrumental. A versão que tinha ouvido era do grupo “Os Carbonos”. Ao saber que não era a versão original procurei obter o disco original, que no Brasil foi lançado pela gravadora Musidisc, do produtor Nilo Sérgio. 

Assim, fui saber que a versão original, de 1969, era do The Duke Of Burlington, lançado na Itália, que nada mais era do que o próprio maestro Mario Battaini, que tocava todos os instrumentos de uma orquestra em estúdio.

Mario Battaini nasceu na cidade de Milão, no dia 06/10/1931 e faleceu no dia 26/04/2000. Nos anos 50, iniciou sua carreia de acordeonista, tecladista e posteriormente como multi-instrumentista, arranjador e maestro. Nessa fase inicial, tocou na orquestra de Enzo Ceragioli, que era compositor, maestro e músico de jazz, que tocou com Chet Baker.

Seus discos foram lançados pelo selo SAAR Records ou Joker. Usou vários pseudônimos para suas gravações, como por exemplo, Anoub e Lumni (como compositor), Alleroif (como letrista), Batman (normalmente utilizado para a música swing em acordeon), The Duke Of Burlington (para pop psicodélico). Além desses pseudônimos, também utilizou o nome de Gigi Botto e de Freeman Und Ochester (mercado alemão), entre outros.

O grande sucesso internacional veio mesmo, em 1969, como The Duke Of Burlington, que muitos consideravam como uma orquestra, com a música Flash, composta por Leander e Wace, que foi composta para a peça teatral homônima do Marquês de Kensigton, em 1968. 

Além da música Flash, ser inovadora para a época, seu arranjo foi incisivo para gerar a notoriedade, principalmente após ser adotado como trilha sonora da banda Dr. Gibaud Elastic.

Em 1971 e 1976, ele trabalhou respectivamente com Joe Cocker e Orietta Berti, no Festival de San Remo, na Itália. O seu último trabalho foi com Alvaro Amici, realizando uma série de seis CDs, com um total de 60 músicas gravadas para o selo DVMORE, de Milão.

Nesta postagem, apresentamos o álbum lançado em 2000, na Espanha, pela gravadora Wah Wah Records Sounds, contendo uma coletânea de músicas instrumentais, que Mario Battaini gravou como The Duke Of Burlington. 
O grande destaque é a música Flash. Entretanto, as outras músicas do disco também são sensacionais. Vale a pena conhecer esse disco esquecido. 

As músicas do álbum são as seguintes:

1. Flash; 
2. Slot machine; 
3. 30, 60, 90; 
4. Viva tirado (Parte 1); 
5. Devi's trillo; 
6. Bourrée; 
7. Soul clap 69; 
8. Criss-cross; 
9. black panther; 
10. Flute for president; 
11. I want you back;
12. Viva tirado (Parte 2); 
13. LSD (Librae, Solidi, Denarii); 
14. jungle duke.















 Capa Versão Compacto Brasil - Musidisc










Links:




4 comentários:

  1. Respostas
    1. Мы будем раскрывать Ebony и Ivory. Уже включает в себя блог LaPlayaMusic
      Hedson

      Excluir
  2. Boa noite, Nas Ondas Da Net?

    Me chamo Rômulo do blog Forró em FLAC, queria fazer uma parceria na lista dos seus blogs parceiros.

    Blog: https://forroemflac.blogspot.com.br/

    Fico no aguardo!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Romulo
      Vamos divulgar o forró.
      Espero que tambem divulgue o blog LaPlayaMusic.
      Uma abraço
      Hedson LaPlaya

      Excluir